quarta-feira, 29 de maio de 2013

O Leão da Toscana (Aili McConnon, Andres McConnon)






























Assista ao vídeo:
video

terça-feira, 28 de maio de 2013

O Meu Alentejo (Christina Autran)













Sinopse: Descortinar uma região charmosa, agradável e acolhedora, um pouco como a Provença e a Toscana, onde todos falam português. Esta foi a intenção da jornalista Christina Autran, que conta em "O Meu Alentejo", o período em que montou seu novo lar — a Quinta da Boa Vista — em terras portuguesas. Além das divertidas lembranças de seu encontro com o povo local, Christina fala também de uma terra hospitaleira, que oferece ao viajante, ou a quem, como ela, decide fincar raízes no lugar, prazeres que estão ao alcance dos olhos e podem ser literalmente saboreados. Autora de Sabores do Brasil: receitas da embaixada, premiado com o World Cookbook Awards, de 2006, a jornalista teve o cuidado de incluir, aqui, receitas de pratos alentejanos, entremeado com dicas de passeios e pontos a serem visitados na região, mesmo admitindo que seu programa favorito é ficar em casa, no Brasil ou em Portugal, em companhia do marido, diplomata aposentado. “Achei original dar a minha visão, a de uma brasileira que vê o Alentejo com um olhar menos fugaz do que o de uma pessoa apenas de passagem. Fui escrevendo o que via, como me sentia”, conta. Sem a pretensão de ser um guia, "O Meu Alentejo" é mais um relato apaixonado e impressionista, com sugestões de passeios e programas agradáveis, além de recomendações pessoais de pouso e passadio. O Alentejo, a pouco mais de uma hora de viagem de Lisboa, é uma região adorável de Portugal, cheia de surpresas, que merece mais tempo de desfrute que a habitual fugida para um almoço típico. “Conto episódios pitorescos, sugiro programas, recomendo restaurantes e locais onde pernoitar, dou receitas das delicias locais”, explica Christina. A autora não engloba todo o Alentejo, que ocupa 1/3 do território português, mas ao Alentejo que mais conhece e frequenta e que é, na realidade, o mais visitado: o Portugal histórico. “Creio que o Alentejo é uma joia a ser descoberta. É lindo, agradável, charmoso, e tem uma vantagem adicional para os brasileiros: é um pouco como a Provença e a Toscana, só que todos falam o português. A comida e os vinhos são outro ponto alto”, confessa. 














Assista ao vídeo:

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Minha Vida na França (Julia Child)































Assista ao trailer:

terça-feira, 21 de maio de 2013

Me Leva Brasil (Maurício Kubrusly)















Sinopse: Depois de mais de 400 mil quilômetros percorrendo todo o território brasileiro, desembarca nas livrarias Me leva Brasil, da Editora Globo. Acredite se quiser! Veja, ou melhor, leia com os próprios olhos! A história do caixão especial para mulheres virgens, o homem que aprendeu japonês dormindo, o primeiro descobrimento do Brasil, o motel Rapidinha e o hotel pra boi, viúvas de maridos vivos e uma conversa com Já Morreu, criadores de sacis, quatro irmãos que se casaram com cinco irmãs, tudo isso e muito mais! Há cinco anos percorrendo cada estado do país, recolhendo aqui e ali, em cada cantinho escondido, a passagem mais surpreendente, o causo mais saboroso, a estranheza mais divertida, o quadro apresentado por Maurício Kubrusly no Fantástico desdobra-se num delicioso livro de crônicas, e reafirma o talento do jornalista e de sua equipe em encontrar ricas histórias. Relatando o processo de formatação da série, desde seu batismo até os inusitados encontros em cada etapa das viagens, as crônicas de Maurício revelam personagens que de tão pitorescos parecem inventados, mas que ganham ainda mais força por sua realidade, por serem de carne e osso, registrados que estão pelas imagens do programa, e agora pelas páginas desse livro. Lá estão Dona Zefa, baiana que vive em Aracuaí, Minas, exemplo vivo de uma época pré-televisão, em que contar bem uma história mantinha todo o povo entretido. Gaguinho, ou melhor, Idalino Lima, o diretor, ator, roterista de Vitória da Conquista, que faz filmes sem nunca ter estado num cinema, e que ao atuar homenageia seu cavalo, vestindo-se (será o termo apropriado) com uma sela! E o que dizer da assombrosa criatividade de seu Carlos Barbosa, de Santa Luzia, Minas Gerais, que a cada filho nascido criava polêmicas no cartório local, com suas inusitadas propostas de nomes de batismo, e que tem hoje em família os ilustres Beethoven, Mozart e Tchaikovsky, todos novíssimos componentes do clã Barbosa. Assim se apresenta o maior espetáculo da Terra, pelo menos dessas terras as quais nomeamos Brasil. Ele se propaga de mão em mão, de boca em boca, como tudo de bom dessa vida deve ser. Avesso a grandes pirotecnias, estabelece-se pela força criativa de quem relata as histórias, e que por contá-las com prazer cria vínculos com quem as ouve. Tomem todos os seus assentos, ajeitem-se em seus lugares, o espetáculo já vai começar! Respeitável público, com vocês: Me leva Brasil! 
















Assista ao vídeo:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...